Qual é a melhor idade para o meu filho começar a frequentar a escolinha?

O título é uma indagação clássica dos pais, uma pergunta natural feita por quem deseja oferecer o melhor aos seus filhos. Existe um pensamento muito popular que diz que quanto mais cedo a criança for estimulada, melhor desenvolverá seu potencial. Essa frase carrega uma verdade, mas alguns fatores devem ser considerados, por isso preparamos esse post. Confira!

Qual é a melhor idade para o meu filho começar a frequentar a escolinha?

Fator profissional

Se os pais trabalham e se não há uma estrutura familiar para que a criança seja cuidada enquanto eles estão trabalhando, é ideal que se escolha uma creche ou escolinha. Nesse caso, a matrícula do bebê num ambiente escolar é feita de acordo com a real necessidade dos pais, e não da criança. Os pais, então, devem escolher uma instituição escolar na qual confiem, de que tenham referências, que seja um lugar saudável, seguro e adaptável para o pequeno.

Mas se o lar possui uma estrutura familiar saudável para o bebê, não há necessidade de colocá-lo muito cedo na escolinha. Se há parentes que possam cuidar da criança, como avós, tios, padrinhos e primos, por exemplo, pode-se manter o pequeno no ambiente familiar. Se o casal tiver empregadas domésticas e babás que possam cuidar do bebê na ausência, a escolinha ou a creche também podem esperar.

A idade ideal

Não há uma idade fixa ideal, isso varia de criança para criança. Cada uma tem seu ritmo de desenvolvimento. Por ém, geralmente, a socialização começa entre os 2 e 3 anos. Antes disso, a criança apenas fica curiosa com a presença de outras. Neste caso, só olha, se interessa, mas não há uma troca efetiva, ou seja, não há uma comunicação extensa. Alguns especialistas afirmam que o ambiente escolar não é o ideal para bebês.

Outras formas de socialização

Se os responsáveis pensam em colocar o filho na escolinha somente pela interação com outras crianças, devem levar em consideração que existem outras formas de socialização. Frequentar a pracinha, a praia, a piscina do prédio ou do clube, o playground, o parquinho ou a classe infantil da igreja ajuda no processo de interação do bebê com outros e assim, vai-se desenvolvendo a socialização de forma natural.

Fator fisiológico

Os médicos dizem que pôr o bebê na creche antes dos dois anos completos pode ser prejudicial, pois a criança não está com seu sistema imunológico completo e acaba ficando suscetível a adquirir vírus e bactérias de outros alunos e do próprio ambiente. Dois anos é a idade mínima. A criança toma as primeiras vacinas até os seis meses, mas o corpo leva de um a um ano e meio para desenvolver toda a proteção necessária.

idade-escolinha2

Fator legislativo

A lei nº 12.796, publicada em abril de 2013, diz que é obrigatória a matrícula das crianças brasileiras na educação básica a partir dos quatro anos de idade. Antes desta lei, a idade mínima para ingresso no sistema escolar era de seis anos. Porém, sabe-se que alguns pais antecipam-se bastante à legislação, principalmente por necessidade profissional, e colocam seus filhos na escola a partir dos quatro meses de vida,
quando geralmente acaba a licença maternidade.

Você ainda tem dúvidas sobre assunto? Quando pretende matricular seu pequeno na escolinha? Deixe um comentário!

Download grátis de música cantada com o nome do seu filho.
  • logo-footer-tiao_camaleao Presente para Criança
    CNPJ: 19.012.949/0001-30
    Rua Oeste n˚ 586 | Loja: 25
    CEP: 30411-312 | BH | MG
  • Vendas pelo Whatsapp!

    (31) 9.8419-8947

    [email protected]
  • Newsletter

  • Redes Sociais